Providências Essenciais para Viajar para uma Temporada na França

No meu post 6 Dicas para Facilitar a sua Mudança para a França levando sua Família eu falei sobre como é necessário focar nas providências essenciais para viabilizar a sua viagem e chamei essas providências de itens “no go”.

Os itens “no go” são aqueles sem os quais você não conseguirá embarcar. Em geral são os documentos relativos à sua escola ou trabalho, passaporte, passagem aérea e seguro viagem para você e sua família.

  • Passaporte e visto: brasileiros podem entrar na União Europeia como turistas apenas com passaporte, sem necessidade de visto. Como você não quer ter problemas com a imigração, verifique se a validade do seu passaporte tem mais de 6 meses após a data da sua volta. Para permanência superior a 3 meses (90 dias), a França exige um visto de longa duração ou “visa de long sejour”. O visto pode ser solicitado na Embaixada da França em Brasília ou no Consulado da França em São Paulo ou no Rio de Janeiro. Há diferentes categorias de visto e se você é estudante, você precisará se submeter ao procedimento pré-consular Campus France antes do pedido do visto. Esse procedimento é bem burocrático e pode demorar cerca de 3 meses, portanto, é preciso dar entrada na papelada o quanto antes.Passagem Aérea: para comprar um bilhete aéreo internacional geralmente é necessário que se tenha o número do passaporte. Os bilhetes aéreos têm validade de no máximo um ano. Caso a sua estadia na França tenha um período superior a um ano, você tem 2 alternativas: comprar um bilhete somente de ida, que geralmente é mais caro, ou comprar um bilhete de ida e volta e desprezar a volta. Mas lembre-se, você somente pode desprezar um bilhete na volta, pois é a ida que habilita a volta.
  • Seguro viagem: você vai aprender que os franceses fazem seguro pra tudo! Seguro saúde, seguro do imóvel, seguro escolar, seguro do carro e vão te oferecer um seguro para tudo o que você comprar como: passagem de trem, equipamentos eletrônicos, aluguel de carro, etc. Garanta a contratação dos obrigatórios, mas não se preocupe com isso agora, você terá tempo para aprender como contratar esses seguros quando chegar lá, para viajar você precisa apenas de um seguro viagem. Para entrar na União Europeia, o Tratado de Shengen exige que os estrangeiros tenham um seguro viagem com cobertura mínima de € 30.000, para auxílio médico em caso de doença ou acidente durante sua viagem. Contrate um seguro viagem de 30 dias para garantir a sua entrada (e de quebra vem com seguro de bagagens também, caso você tenha algum problema!) e depois você pensa no resto.
  • Hospedagem: os franceses utilizam o site leboncoin para comprar tudo e lá você pode tentar alugar algum apartamento antes de ir, mas não é uma tarefa muito fácil! Para facilitar a vida, tente reservar um hotel ou alugar um apartamento mobiliado (que com criança é bem melhor e você pode fazer pelo airbnb por exemplo) por uns quinze dias. Assim você terá um tempo para conseguir um endereço definitivo quando chegar lá.
  • Outros documentos: provavelmente você vai precisar de documentos originais quando estiver lá, então, faça uma pastinha com os documentos de toda a sua família e leve com você. Leve tudo: certidão de nascimento, certidão de casamento, declaração de imposto de renda dos dois últimos anos, comprovante de residência no Brasil, contra cheques, se você tem emprego no Brasil, declaração da empresa, carteira de motorista brasileira e internacional, carteira de vacinação das crianças, enfim, tudo que você tiver em mãos. Muito provavelmente você vai precisar desses documentos para fazer um contrato de aluguel e também para dar entrada na Caf – Caisse Nationale des Allocations Familiales. Para conseguir pagar a escola das crianças você tem que se inscrever na Caf e para isso você vai precisar de traduções juramentadas de todas as certidões de nascimento, inclusive a sua e do seu marido. Se algum documento ficou pra trás, não se estresse! Com as facilidades tecnológicas e um pouquinho de criatividade e jogo de cintura você acaba conseguindo alguma coisa que faltar, mesmo à distância.

Com isso você tem em mãos tudo o que precisa para viajar. Agora é só fazer as malas, inspirar fundo e embarcar! Bon voyage et au revoir!

Espero ter te ajudado compartilhando um pouquinho da minha experiência! Se você gostou deste post ou tem alguma sugestão, deixe aqui seus comentários!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s